Bence Majoros, da Hungria, garantiu sua vaga pelo Pré-Olímpico mundial (Crédito: ITTF)

Bence Majoros, da Hungria, garantiu sua vaga pelo Pré-Olímpico mundial (Crédito: ITTF)

*Post atualizado em 21/3/2021

Com a conclusão do Pré-Olímpico mundial, que classificou 4 atletas no masculino e 5 no feminino para as disputas individuais de tênis de mesa nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, restam poucas vagas ainda em disputa. Você sabe, mas não custa lembrar: o Hugo confirmou sua presença em 2019 ao conquistar a medalha de ouro individual nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru.  Confira como está a situação da corrida olímpica em todas as categorias:

INDIVIDUAL MASCULINO

Das 70 vagas possíveis, 48 já estão definidas:

32 vagas definidas pelas equipes classificadas (2 por país)

  • Alemanha (Timo Boll + 1)
  • Austrália
  • BRASIL (Hugo Calderano + 1)
  • China
  • Coreia do Sul
  • Croácia (Tomislav Pucar + 1)
  • Egito
  • Eslovênia
  • Estados Unidos
  • França
  • Hong Kong
  • Japão
  • Portugal
  • Sérvia
  • Suécia
  • Taipei

12 vagas definidas pelas qualificações continentais

  • Adam Hmam (Tunísia)
  • Ali Alkhadrawi (Arábia Saudita)
  • Clarence Chew (Singapura)
  • Ibrahima Diaw (Senegal)
  • Jeremy Hazin (Canadá)
  • Jonathan Groth (Dinamarca)
  • Larbi Bouriah (Argélia)
  • Lkhagvasuren Enkhbat (Mongólia)
  • Nima Alamian (Irã)
  • Olajide Omotayo (Nigéria)
  • Sathiyan Gnanasekaran (Índia)
  • Sharath Kamal Achanta (Índia)

4 vagas definidas pelo Pré-Olímpico mundial

  • Bence Majoros (Hungria)
  • Kirill Skachkov (Rússia)
  • Lubomir Jancarik (República Tcheca)
  • Wang Yang (Eslováquia)

10 vagas ainda em disputa nos Pré-Olímpicos continentais

  • 4 vagas no Pré-Olímpico latino-americano (13 a 17/4)
  • 5 vagas no Pré-Olímpico europeu (21 a 25/4)
  • 1 vaga no Pré-Olímpico da Oceania (datas indefinidas)

Até 12 vagas que serão definidas da seguinte maneira

LEIA MAIS:
‘Meu plano é lutar por uma medalha’: Hugo mira pódio em Tóquio-2020

INDIVIDUAL FEMININO

Das 70 vagas possíveis, 50 já estão definidas:

32 vagas definidas pelas equipes classificadas (2 por país)

  • Alemanha (Han Ying + 1)
  • Austrália
  • Áustria
  • BRASIL
  • China
  • Coreia do Sul
  • Coreia do Norte
  • Egito
  • Estados Unidos
  • Hong Kong
  • Hungria
  • Japão
  • Polônia
  • Romênia
  • Singapura
  • Taipei

13 vagas definidas pelas qualificações continentais

  • Anastassiya Lavrova (Cazaquistão)
  • Bolor-Erdene Batmunkh (Mongólia)
  • Fadwa Garci (Tunísia)
  • Manika Batra (Índia)
  • Mo Zhang (Canadá)
  • Ni Xia Lian (Luxemburgo)
  • Offiong Edem (Nigéria)
  • Olufunke Oshonaike (Nigéria)
  • Orawan Paranang (Tailândia)
  • Sarah Hanffou (Camarões)
  • Sutirtha Mukherjee (Índia)
  • Yu Fu (Portugal)
  • Zaza Hend (Síria)

5 vagas definidas pelo Pré-Olímpico mundial

  • Britt Eerland (Holanda)
  • Linda Bergstrom (Suécia)
  • Polina Mikhailova (Rússia)
  • Suthasini Sawettabut (Tailândia)
  • Yang Xiaoxin (Mônaco)

9 vagas ainda em disputa nos Pré-Olímpicos continentais

  • 4 vagas no Pré-Olímpico latino-americano (13 a 17/4)
  • 4 vagas no Pré-Olímpico europeu (21 a 25/4)
  • 1 vaga no Pré-Olímpico da Oceania (datas indefinidas)

Até 11 vagas que serão definidas da seguinte maneira

EQUIPES

As 16 equipes de cada naipe já estão definidas:

Masculino

Feminino

  • Alemanha
  • Austrália
  • Áustria
  • BRASIL
  • China
  • Coreia do Sul
  • Coreia do Norte
  • Egito
  • Estados Unidos
  • Hong Kong
  • Hungria
  • Japão
  • Polônia
  • Romênia
  • Singapura
  • Taipei

DUPLAS MISTAS

Das 16 duplas participantes, 8 já estão confirmadas:

4 duplas definidas pelo ITTF Finals 2020

  • Jun Mizutani/Mima Ito (Japão)
  • Xu Xin/Liu Shiwen (China)
  • Lin Yun-Ju/Cheng I-Ching (Taipei)
  • Wong Chun Ting/Doo Hoi Kem (Hong Kong)

4 duplas definidas pelas qualificações continentais

  • Patrick Franziska/Petrissa Solja (Alemanha)
  • Omar Assar/Dina Meshref (Egito)
  • Eugene Wang/Mo Zhang (Canadá)
  • Sharath Kamal Achanta/Manika Batra (Índia)

8 duplas que serão definidas da seguinte maneira

  • 1 dupla no Pré-Olímpico latino-americano (13 a 17/4)
  • 1 dupla no Pré-Olímpico da Oceania (datas indefinidas)
  • 5 duplas pelo ranking olímpico, com o limite de apenas 1 por país
  • 1 dupla em um evento internacional ainda não confirmado (caso não seja realizado, a vaga irá para o ranking olímpico)